Interoperabilidade entre softwares BIM - Gryfus - Inteligência em Engenharia de Custos e Software - Volare Sisplo BIM - Sistema completo de Orçamento, Planejamento e Controle de Obras

Você já ouviu falar que compatibilização de projetos é conciliar, harmonizar as diferentes áreas que envolvem um mesmo projeto? É bem sabido que uma obra envolve diferentes áreas de forma simultânea e que apresentam a necessidade de se harmonizarem para o objetivo da conclusão da obra.

O sistema BIM, que é o sistema, por exemplo, do programa Revit da Autodesk, foi criado com o pensamento de Compatibilização de Projetos, visando sempre a harmonização de todos as diferentes perspectivas que envolvem um projeto.

Assim como não foi imediata a mudança da clássica elaboração de projetos através de papel e da tradicional prancheta para o já bastante conhecido sistema CAD (com seu maior representante, o programa AutoCAD), a mudança para o sistema BIM também está sendo bem gradual.

BIM como inovação no segmento da construção civil

BIM significa Building Information Model que seria traduzido para “Modelo de Informação da Construção”, no qual possui diversas compatibilidades de importação e exportação, ou seja, interagindo e operando entre diferentes softwares, além disso, os plug-ins realizam funções de interoperabilidade diretamente no BIM.

Compatibilidade entre Sisplo e Revit

E falando no conceito de compatibilizar e harmonizar, usuários do Revit e usuários do software de orçamento de obras Sisplo podem contar com um incrível programa para auxiliar na união de seus projeto, o Volare Sisplo BIM.

Esse novo programa do sistema BIM possui diversas funções de vincular os serviços Revit aos serviços Sisplo como gerar o orçamento do projeto Revit diretamente dentro do Sisplo, assim quantificando os serviços, produzindo também composições de preço, cronograma, curva ABC, etc.

O Volare Sisplo BIM também possui inteligência artificial autodidata, ou seja, aprende conforme o uso, gerando assim uma base de dados com a memória de cálculo do levantamento, registrando a quantidade de cada serviço por ambiente físico no projeto.

Na fase de planejamento para execução de obra, o programa é capaz de gerar uma planilha com todos os serviços e quantificados por ambiente físico do projeto. Na fase de execução, é possível importar dados de medição da execução da obra e atribuir uma cor para cada uma delas. Por fim, é possível fazer toda a modelagem 3D de como vai ficar o produto final, o prédio.

Com essas informações, esperamos que você tenha terminado esse texto com vontade de saber mais, para isso, basta acessar nossa página de contato, nós da Gryfus vamos tirar todas as suas dúvidas sobre o software Volare Sisplo BIM e os demais programas do sistema BIM.

Categorias: Tecnologia

Tags: sisplo, volare, volare sisplo, volare sisplo bim, terceira onda, BIM, Building Information Model, Modelo da Informação da Construção, grifus, orçamento obras, software orçamento obras, planejamento obras, gryfus, elaboração planejamento obras, elaboração orçamento obras, BIM na Engenharia de Custos, engenharia de custos, engenharia, sistema de orçamento de obras, autocad, Chuck Eastman, orçamentista, técnico em edificação, engenheiro civil, arquiteto, engenheiro, edificação, prédio, BIM como inovação no segmento da construção civil, Compatibilidade entre Sisplo e Revit, Revit, CAD, AutoCAD, Revit da Autodesk, Autodesk